terça-feira, 3 de abril de 2012

Da lógica das estatísticas


Ouvi há pouco que, numa sondagem de rua em determinada zona de Lisboa, falando-se de pão, os portugueses preferem o "saloio". Pelas vozes dos inquiridos e pelas razões apontadas, "Porque parecem um belo par de mamas", "Não pá, parece é uma peidola", o inquérito foi efectuado somente junto do sexo masculino.
Pela mesma ordem de razões, posso então concluir que se o inquérito incluísse representantes do sexo feminino, a primazia seria rijamente disputada entre a baguete francesa e o cacete rústico.

27 comentários:

  1. agora fiquei aqui a pensar no cacete rústico...

    ResponderEliminar
  2. ahahah

    Baguete e cacete é a mesma coisa, para a minha pessoa... mas se for quente e estaladiço, marcha tudo. E tendo em conta as tuas metáforas, dizer que marcha tudo fica feio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, S*, se calhar não é muito bonito :)

      Eliminar
  3. Eu tenho um melhor,e existe mesmo porque à pouco tempo no hipermercado vi um pão tipo o saloio pequeno e era mesmo aquilo, apontei para o pão e a rapariga disse-me uma "caralhota"? fiquei de todas as cores. Quando cheguei a casa fui ao google e há mesmo um pão com aquele nome.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá, nunca foste à sopa de pedra de Almeirim, RST? É o pão de lá, e olha que lá é pedido em voz alta :)

      Eliminar
    2. O que eu mais gosto de pedir em voz alta é dose e meia de punheta de bacalhau :)

      Eliminar
  4. Baguete francesa e o cacete rústico não interessa, desde que seja UM PÃO! :)

    ResponderEliminar
  5. Não mais conseguirei olhar para o pão da mesma maneira, obrigadinha Vic.... Peidola? Cacete Rústico??? :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi que te abalei as convicções TR :)

      Eliminar
    2. Já passou, não me lembrei disso hoje ao pequeno almoço :)

      Eliminar
  6. Mamas? Pão? É tudo associado ao acto de mastigar, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu nunca mastiguei mamas, Duluoz... :)

      Eliminar
  7. Mas o pao saloio só tem forma de peida ou mamas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos aqueles que foram entrevistados só conheciam aquela forma, JC :)

      Eliminar
  8. ahaha realmente.... mas olha que baguete deve ser o tipo de pão que mais gosto :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, Kim, é compreensível, tal qual digo na minha brilhante conclusão :)

      Eliminar
  9. Estes inquéritos de rua são feitos para "encher chouriços", quando as notícias escasseiam. E ainda há quem ache graça à boçalidade generalizada das respostas... :P

    ResponderEliminar
  10. Eu cá gosto é de regueifa. Ainda hoje ia uma moça a subir as escadas à minha frente cá com uma... :)

    ResponderEliminar
  11. Qual baguette, qual carapuça! Pão saloio da Encarnação ou de Alcainça. Em desespero de causa pão de lenha de Rio Maior. Também aprecio um bom pão alentejano. Ali para os lados de S.Marcos da Serra/Santana da Serra são fantásticos. Porquê? Porque são consistentes, com miolo, substância (e por acaso os homens também se querem assim).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh! Tens que me explicar o que é um homem de substância, Anna :)

      Eliminar
    2. Freud explica melhor do que eu.

      Eliminar
  12. Posto isso, só me leva a concluir que os portugueses são todos uns grandes saloios!
    Vale-me o facto de ter dupla nacionalidade (sou apenas meia saloia) e o facto de não gostar de pão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas olha que saloio está longe de ser um insulto, Xs

      Eliminar

Eu leio todos com atenção. Mas pode não ser logo, porque sou uma pessoa muito ocupada a preencher tempos livres!