sexta-feira, 15 de junho de 2012

A Minha Toalha de Praia (Comprada em Badajoz pelo Marcelino)

Corre pela blogoesfera uma iniciativa dedicada exclusivamente às bloggers femininos, em que estas terão diariamente um tema relativo ao verão, sobre o qual deverão dissertar. 
Ora, calha que o de hoje é deveras interessante - toalha de verão - e não resisti a intervir por várias ordens de razão, das quais as não menos importantes são as prendas inesperadas e as prendas oferecidas por alguém de gosto muito peculiar. 
Portanto, aqui estou a falar sobre a minha toalha de praia, do modo como me veio parar às mãos, e os efeitos secundários que a mesma exerce sobre mim. Aqui há uns 2 anos, o Marcelino conseguiu infiltrar-se numa daquelas excursões muito baratas em que levam os velhos a passear e lhes dão um almoço por tuta e meia, mas depois os aldrabam com jogos de lençóis e aparelhos de musculação que eles já não vão ter tempo para usar, colchões, panelas e outras coisas que lhes vão ser tão necessárias como uma queda de cabelo ou um ataque de escorbuto. 
Mas o passeio era a Badajoz . “Nunca foi ao estrangeiro, não posso perder a oportunidade” foi a desculpa do Marcelino, “e como ainda tenho umas massas daquele prémio do Euromilhões que me saiu há 2 semanas, vou aproveitar e compro uns caramelos e uma latita de melocotones”. Do que ele não se lembrou foi de me pagar o que me deve. 
Pois parece que a viagem foi uma seca para os velhotes - 13 deles nunca mais saíram de casa e nem ao centro de dia vão - mas o Marcelino vinha todo satisfeito e, surpresa das surpresas, trouxe-me uma prenda de Badajoz. 
- É para veres como sou teu amigo (e também para ver se eu me esquecia dos 300€, tá mais que visto). Como sei que gostas de praia, trouxe-te uma prenda com uma pintarola, que tão depressa não vais esquecer. - e tinha razão, nunca mais me esqueci. Foi esta toalha de banho.


Ora, além do estardalhaço que ela faz na praia sempre que eu a abro - há sempre uns putos a rirem-se, outros de olhos esbugalhados e umas senhoras com olhares de censura - exerce ainda sobre mim, efeitos secundários que não vou descrever, mas deixo subentender (deixem-me referir que só a uso quando o Marcelino também vai, porque ele insiste sempre muito comigo:”Então, não me digas que não levas aquela toalha de veludo que te trouxe de Badajoz, pá! Aquilo é veludo do bom!" (nisso tem razão)”) 
 Pois a mim não me dá jeito nenhum deitar-me de barriga para cima na praia, e o meu primeiro impulso é deitar-me de barriga para baixo. Mas então olho para a toalha, e o meu corpo reage de forma inconveniente. E fico, não só numa posição incómoda, como inconveniente. Ainda tento fazer um buraco na areia para me encaixar melhor, mas não é solução. Até que já não aguento mais, e corro para a água, para arrefecer um bocado. E resulta. 
Só que depois volto e tenho que me enxugar, e lá está, sacudo a toalha, estendo-a, ela ali a olhar para mim, e a coisa repete-se. É um círculo vicioso, o síndrome de pescadinha de rabo na boca: tento de barriga para cima, não dá jeito; volto-me de barriga para baixo e o corpo reage; corro para a água e sossego; começo a ficar com frio, volto para a toalha e voltamos ao princípio. 
Ah! Já só uso bermudas bem largas e nem assim.

38 comentários:

  1. A toalha de Verão mais interessante que tive foi a que quis comprar em Fortaleza, rrssssssss

    Bom final de semana

    ResponderEliminar
  2. Bem, poderia ser pior... Ires acompanhado de uma companheira, por exemplo!;)
    Olha se o teu amigo, marido da senhora acalorada e fogosa, resolvia pedir-te que a acompanhasses à praia. Era caso para se aproveitar de ti!:))
    Cá está a solução: emprestares-lhe a toalha (ao marido). O máximo que poderá acontecer é serem expulsos à marretada, mas pronto!:)

    Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema, Nina, é que já tenho ido com mulheres, e é pior. Junta-se a fome com a vontade de comer :)

      Eliminar
  3. P.S: que me conste, este desafio não era só para as senhoras.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu não vi convite nenhum dirigido a homens. Se assim foi, que me desculpem :)

      Eliminar
  4. Bem, o teu amigo Marcelino é um maroto de todo o tamanho!
    Vê o lado positivo da tua (salvo sejas) pescadinha de rabo na boca: vais fazendo exercício, em vez de ficares a torrar ao sol feito tosta mista ;)

    ResponderEliminar
  5. Parece-me que essa tua vai dar-lhe muito trabalho ;-)))

    ResponderEliminar
  6. Tens de experimentar um boxers apertadinhos por baixo dos calções... :))

    ResponderEliminar
  7. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!! de preferência Armani!!!

    ResponderEliminar
  8. ahahah

    Aposto que se a toalha falasse fazia queixa por assédio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que é uma coisa inerte, S*. Se bem que aquilo j+a fosse mais que assédio :)

      Eliminar
  9. Bem toalha de veludo e com um estampado que é um luxo! ahahahaha!

    ResponderEliminar
  10. Belíssima toalha, Vic.
    Já tive dessas de veludo com desenhos foto-realistas, mas foi só uma, e foi há muito tempo, e tinha um golfinho estampado, que senhora minha mãe não me deixava embarcar em estampas de senhoras nuas.

    Mas essa é coisa épica. Dá é pouco jeito, pelos vistos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Menino. É linda. Mas inconveniente :) e muito

      Eliminar
  11. Ahhh... então eras tu... naquela correria na praia... Até fiquei cansada! Água, toalha, toalha água... acho que devias adoptar uma cinta... por baixo dos calções... :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh, parecia um filme do Sr. Hulot :)

      Eliminar
  12. Toalha incómoda essa, mas do mal o menos, era de veludo do bom :p

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  13. Esse teu amigo Marcelino é cá um pintarolas! :)))

    Mas pelo menos deu um post hilariante! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo, Teté. Ainda não viste a colecção de t.shirts dele :)

      Eliminar
  14. Ahaha mais vale uma toalha que seguro te traz "prazer"...que uma t-shirt a dizer, "Marcelino fue a Badajoz, y solo me ha traído esta t-shirt" ;) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que não sei, Clementine. Para os incómodos que me tem dado... :)

      Eliminar
  15. Eheheheh ainda por cima de veludo, e do bom...

    ResponderEliminar
  16. Dica: como queres tanto estares de barriga para baixo e não consegues, tenta pôr a toalha virada para baixo, pode ser que resulte, é uma questão de mudares o paradigma:)

    ResponderEliminar
  17. Depois eu é que sou provocadora com uma singela discrição do bikini.
    Saiste-me um grande maroto, Vic!
    Fazes umas narrações deliciosas.
    Por acaso pensei que serias dos que usariam um fatode banho, tipo um calção, mas justo, na praia.
    Sempre a surpreender-me!
    Um beijo.
    P.S. Só mesmo um homem para comprar ou usar uma toalha com essa 'estampagem'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh! Uso sempre bermudas, Pérola. Não posso com coisas demasiado justas, incomodam-me muito :)

      Eliminar
  18. Esqueci-me duma coisita:
    O desafio era aberto a todos os blogs.
    Decorreram as inscrições até 27/05 no blog da tia Turista.
    Como gostava de te ver neste desafio!
    O que acontece é que o mundo blogosférico é dominado pelas mulheres, então os desafios são criados por elas e olha: é uma pescadinha de rabo na boca, como tão bem sabes!
    Pode sempre postar, paralelamente.
    Queres que te traga os temas dos dias que faltam?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sabia disso, Pérola. Não li isso no blog da Turista, julguei que era mesmo só para mulheres. Mas também não tem importância, agora já vai a mais de meio, acho que já vou atrasado. Além disso, não sei se os próximos dias vão ser complicados, portanto, não vale a pena comprometer-me. Mas agradeço a tua oferta. És muito gentil, como sempre :)

      Eliminar

Eu leio todos com atenção. Mas pode não ser logo, porque sou uma pessoa muito ocupada a preencher tempos livres!