sexta-feira, 11 de maio de 2012

Eis-me a fazer Serviço Público - Divulgação:o Ass-o.Phonix

Há uns dias recebi na minha caixa de correio, um panfleto publicitário em carta aberta, que esteve quase a seguir o caminho que semelhante correspondência costuma levar cá em casa: o lixo. Em boa hora não o fiz e arranjei paciência para o ler até ao fim. E como achei que o produto anunciado seria de interesse geral, eis-me a divulgá-lo. 
A missiva era procedente da Cu-p'o-Fonix, subsidiária portuguesa da multinacional norte-americana Ass-o-Phonix, e apresenta um pequeno aparelho, cujo apresento a seguir a função, características e preços. Assim, o aparelhinho destina-se a pessoas que sofrem de excessos de gases, e, anuncia-se no panfleto, torna o Imogaz e produtos semelhantes, pré-históricos. 
Como é óbvio, o Cupo (vamos chamar-lhe assim para facilitar) aplica-se na habitual saída dos incómodos gases - para tal, e apesar das suas dimensões diminutas, é fornecido com um lubrificante e um fixador de próteses dentárias - e depois de devidamente colocado, actuará de maneira a evitar constrangimentos juntos de outras pessoas, uma vez que contém dois filtros: o primeiro, que transforma os ruídos desagradáveis em melodias, o segundo, que retém os maus cheiros, ao mesmo tempo que exala suaves perfumes. 
O aparelhinho é fornecido em 3 modelos de diferentes preços, dependendo estes do material com que é fabricado, bem como dos perfumes e qualidade do filtro sonoro utilizado. 
1) de titânio - 5.000€ ( dispõe de uma vasta gama de melodias à escolha, desde a 9ª de Beethoven às músicas de Cats e sound surround, e aromas à escolha, de vários Dior a Yves St Laurent) 
2) de alumínio de liga leve - 1.000€ ( dispõe de várias melodias de música mais popular portuguesa, de José Cid a Nuno Guerreiro em hi-fi, com aroma de Piño Silvestre, Lavanda Puig ou Axe for Men) 
3) de barro com apito - 50€ (somente contemplado com o aroma espanhol de Tabú). 
Como se verifica, há modelos para todas as bolsas, e o fabricante, numa brilhante acção da marketing, anuncia também que, tendo pensado na quantidade de jovens e menos jovens que actualmente escolhem o caminho da emigração, dá à escolha nesses casos, algumas alternativas muito interessantes, embora só aplicáveis aos dois modelos mais sofisticados. Por exemplo, quem pretenda emigrar para o Reino Unido, poderá pedir para lhe ser acrescentada à gama de melodias o "Rule Britannia", que, a soar durante uma entrevista de emprego numa firma inglesa, decerto causará uma excelente impressão. Também os futuros emigrantes que rumam ao Brasil, terão ao seu dispor o 'Samba de uma nota só" ou o "Desafinado". Se o destino for França, haverá sempre a opção "La vie en rose". Tudo isto, sem qualquer aumento de preço. 
A empresa concede ainda um período de experiência de uma semana. Os aparelhos têm garantia de dois anos, e são fornecidos com 5 recargas de aromas à escolha do cliente. 
Lembrei-me, porque vem muito a propósito da função do pequeno e útil aparelho, de acrescentar uma velha música da Banda do Casaco, para cuja letra eu chamo a vossa especial atenção. 


Natação Obrigatória



(Os potenciais interessados, poderão entrar em contacto através do meu mail, que prestarei todas as informações solicitadas)

20 comentários:

  1. O meu tio precisa de um desses... é um libertador de gases com produção industrial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol! S* imagino os momentos divertidos que passam juntos :)

      Eliminar
    2. Se fosse só eu... aquilo ali sente-se muito à vontade junto de toda a família. Almoços e jantares familiares são sagrados. ahahahah

      Eliminar
  2. O fosso entre ricos e pobres cada vez mais denunciado, basta ouvir a música e sentir os aromas para se saber logo com quem estamos a lidar... :)

    Claro que os tesos mesmo tesos não vão comprar um aparelho desses, de modo que entrar nos transportes públicos vai tornar-se numa inolvidável e nova experiência musical e olfativa... Não sei é se não se deviam avisar os estômagos mais fracos (não vão entrar outros ruídos e odores à mistura)! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que vale é que não ando de transportes públicos, Teté :)

      Eliminar
  3. Imagino os problemas que teria o inventor, para chegar ao ponto de inventar um aparelho que se usa em tão delicado local...Haverá algum com o cheiro fresquinho do Vaporub?*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tétisq, o Piño Silvestre é bastante parecido :)

      Eliminar
  4. Chorei a rir com isto. A sério! Mt bom Vic e obrigada por este momento.
    Imaginar-me num elevador e começar a ouvir a 9ª de Beethoven ou o Melody do Cats e um cheiro imenso a Chanel nº5... era hilariante! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podia ter efeitos contrários, agora que já sabes, Mesmica :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. :) PE espero que alguém teu conhecido, compre um aparelhinho. É genero Sonotone. :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. eheheh, Vera vê se me arranjas clientes :)

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Infelizmente alguém já o fez antes, Blue :)

      Eliminar
  8. Esta agora é que me deixou completamente KO, como é que é possível, só espero que se possa descarregar mais músicas futuramente, da próxima vez que ouvir um som de música vou pensar duas vezes se é mesmo o telemóvel a tocar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, pode acontecer a confusão, sim, Rainha :)

      Eliminar
  9. As coisas que se aprendem por aqui... :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que faço alguma divulgação interessante, TR :)

      Eliminar
  10. desde mo século V antes de Cristo que as piadas de flatulência nunca falham :)

    ResponderEliminar

Eu leio todos com atenção. Mas pode não ser logo, porque sou uma pessoa muito ocupada a preencher tempos livres!