domingo, 13 de maio de 2012

Gosto mesmo muito...


- de preguiçar
- de filmes de Stanley Kubrick, Woody Allen e Martin Scorcese
- de cozido à portuguesa e de peixe escalado grelhado, especialmente sargo
- de me vestir e calçar bem
- de chegar a horas a todo o lado
- de passar as tardes de Verão à sombra, na beira da piscina a ler
- de viajar - dos clássicos do suspense de Hitchcock
- de Paris e de flanar pelas suas ruas
- da poesia de Neruda, de Sophia e de Pessoa
- da pintura de Van Gogh, de Dali e Renoir
- de Westvleteren, a melhor cerveja do mundo
- da obra musical dos Beatles
- do Sporting Club de Portugal
- de ver jogos da NBA
- da Scarlett Johansson, Monica Bellucci e Charlize Theron
- da saga Indiana Jones (excepto o IV)
- de séries policiais inglesas
- dos Monty Python e de Seinfeld
- de banda desenhada clássica, de Tintin a Spirou e Asterix. E Corto Maltese.
- dos livros de Luís Sepulveda, de Bill Bryson e de livros de viagens em geral
- de ver mulheres bonitas de saltos altos
- do grande cinema americano dos anos de ouro de Hollywood, e do néo-realismo italiano
- de fotografia - de boas águas de colónia inglesas
- de usar o cabelo comprido (tarefa difícil, porque o meu parece ter vida própria)
- de passar férias de verão na costa vicentina
- do 5 para a Meia Noite, da RTP1 (antes, da RTP2) e de programas humorísticos de qualidade, seja na TV, seja na Rádio, especialmente o "Governo Sombra" e o "Mixórdia de Temáticas"
- do Herman José
- de música em geral, e da grande música popular anglo-americana e de MPB em particular
- de blues e das guitarras de Eric Clapton e Mark Knopfler
- de todos os animais excepto alguns insectos e répteis
- de duche quente
- de mulheres bem arranjadas, e que se sabem apresentar
- do cheiro dos lençóis lavados e dos campos na primavera
- de ir a cinemas com pouca gente e sem pipocas


Também gosto muito do ar de Lisboa, da sua luz, e do pedaço dela que avisto da minha janela.

(obviamente, a lista não inclui os amigos, a família e a minha cadela. esse é um capítulo à parte)

36 comentários:

  1. comi ontem cozido à portuguesa pá, que bom que estava.
    Ahhh a luz de Lisboa...Luzboa(saudades)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, Xuxi. Excepto em dias como o de hoje, que estava calor, as quase não houve sol :)

      Eliminar
  2. És uma pessoa de bons gostos, Vic, sim senhor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já sei,TR, especialmente na questão do clube, não é? :)

      Eliminar
    2. Não só, mas também, claro ;)

      Eliminar
  3. Martin Scorcese também é dos meus favoritos... :)

    Quanto ao bichos, temos esse amor em comum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Embora possa parecer o contrário, acho que toda a gente gosta de animais, S* :)

      Eliminar
  4. Gosto:
    -de preguiçar;
    -de Kubrick e Scorcese;
    -de de cozido à portuguesa
    -Não ligo nada a aparências, arranjo-me sempre no mesmo estilo...
    -gostava mas nunca consigo chegar a horas;
    -gostava, mas não conheço Paris e ainda não tive muitas oportunidades de viajar;
    -de Neruda e Pessoa, de Sophia prefiro as histórias;
    -de quadros bonitos, não entendo arte que se faz apenas pela justificação( tipo fazer e um monte de pregos arte só porque o artista tem uma visão argumentativa daquilo);
    -de música;
    -do Tintin e do Corto;
    -do néo-realismo italiano;
    -de duche quente;
    -de homens que são inteligentes mas não sentem necessidade de o exibirem;
    -de ir a cinemas com pouca gente e sem pipocas...*

    ResponderEliminar
  5. Gosto de quase tudo isso, com o preguiçar à cabeça ;)
    Já fiz algumas dessas coisas hoje: preguicei, tomei um duche quente, vesti-me e calcei-me bem, li poesia da Sophia, fui ao cinema com pouca gente e sem pipocas... Por esta ordem. Mais logo vou cheirar lençóis lavados! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom mesmo, o cheiro dos lençóis lavados, nêspera :)

      Eliminar
  6. Cada um com as suas listas e, consequentemente, os seus gostos.
    Não estão nada maus os teus ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada um com os seus, Blue. :) é uma maneira de darmos a conhecermos alguma coisa de nós

      Eliminar
  7. Sou sincera, prefiro as abordagens pela positiva. Assim, prefiro os 'Gostos' ( do verbo gostar, não nome) aos 'não gostos'.
    Explica-me o que é 'flanar em Pris. Já por lá andei e não sei a que te referes. Uma cidade maravilhosa, por sinal.
    Há, por aqui, muitos gostos (agora sim, nome)coincidentes.
    Quanto às mulheres de salto alto, se elas se sentem bem, que delícia para as visões masculinas. A este rol, teria de acrescentar a minha perspectiva feminina.
    Mas, também ninguém me perguntou nada.
    haja alguém nesta blogosfera que goste do Sporting, pensei que era única.
    Fica bem!
    Desta forma, dás-nos a conhecer alguns recantos desta Rua Inclinada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, o flanar é um aportuguesamento. Pérola, flaneur é um termo muito específico de Ars. Uma definição que poderá servir li-a há uns tempos e rezava assim: ser errante, vagabundo, alguém que deambula pela cidade sem propósito aparente, mas que está secretamente em harmonia com a sua história e numa busca velada de aventura, seja ela estética ou erótica.
      Acho que diz tudo :)

      Eliminar
  8. Estou quase a 100% de acordo com a tua lista de preferências. No domínio desportivo é que há algumas disparidades, nomeadamente porque sou Benfica desde que me lembro de ser gente, mas não gosto por aí além de assistir a jogos de qualquer modalidade, nem na TV. Tanto que nunca assisti a um jogo de futebol no estádio!

    Também não sou grande leitora de poesia e nunca li nada de Bryson (o fã dele cá em casa é outro). E é-me indiferente os saltos que as mulheres usam, eu não uso! Mas é óbvio que gosto mais de ver gente bonita do que feia, independentemente do sexo. Também não quer dizer que os meus melhores amigos sejam escolhidos pela sua beleza física, porque é evidente que não! :)))

    Ah, e nunca provei essa cerveja! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto ao clube, nada a fazer, Teté. Sou do Sporting desde que nasci. Mesmo.
      Claro que a escolha de amigos não passa pela beleza. Os gostos expressos em relação às senhores, tém em si uma razão estética. Penso que as mulheres nemm deviam sar saltos altos, ou pelo menos não abusar deles, por razões de saúde.

      Eliminar
    2. Ah! E a cerveja é mesmo muito difícil de arranjar. Em princípio, só a vendem no próprio mosteiro de Saint Sixtus, a Bélgica :)

      Eliminar
  9. Peixe escalado, Vic? Ai que menino! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, São João. É a melhor forma de grelhar peixe. E se for num restaurante à beira-mar de Verão, ainda melhor :)

      Eliminar
    2. fica um bocado seco e é mais difícil de tirar as espinhas. Gosto do peixinho humidozinho por dentro.

      Eliminar
    3. Eu também, São. E se for bem feito, não fica sêco. Há um restaurante em S. Torpes faz uns sargos escalados grelhados que são magníficos :)

      Eliminar
  10. Muitas coisas em comum, tirando a cerveja, as mocitas do cinema, o Sporting e a saga do Indiana Jones, entre uma ou outra coisa que agora não lembro.
    Se gostas de livros de viagens, experimenta (se é que já não o fizeste) o "Na Patagónia" do Bruce Chatwin ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ver se encontro, Mesmica, embora muitos dos livros de Sepulveda já refiram muita vez a Patagónia (e a Terra do Fogo, que era um dos sítios onde eu mais gostava de ir :))

      Eliminar
    2. A minha viagem de sonho :) Argentina e Chile, passando pela Patagónia e ir até à terra do fogo e um cruzeiro até ao estreito de magalhães!! Adoro Sepúlveda e tenho a colecção quase completa (fiquei doente quando perdi algures "O velho que lia romances de amor"...)

      Eliminar
    3. Há bom remédio: comprar outro. Também os tenho menos o último. As rosas de Atacama é um livro espectacular.

      Eliminar
    4. Um dos meus livros de sempre e a história das rosas é tão linda... A poesia num deserto! Adorável :)

      Eliminar
  11. Sabes, assim descobri o que temos em comum ;)
    E aqui fica a lista das que eu assino por baixo.

    - de filmes de Stanley Kubrick, Woody Allen e Martin Scorcese
    - de me vestir e calçar bem
    - de chegar a horas a todo o lado
    - de passar as tardes de Verão à sombra, na beira da piscina a ler
    - de viajar
    - da pintura de Van Gogh, de Dali e Renoir
    - da saga Indiana Jones (excepto o IV)
    - de séries policiais inglesas - dos Monty Python e de Seinfeld
    - do grande cinema americano dos anos de ouro de Hollywood, e do néo-realismo italiano
    - de fotografia
    - de passar férias de verão na costa vicentina
    - do 5 para a Meia Noite, da RTP1 (antes, da RTP2) e de programas humorísticos de qualidade, seja na TV, seja na Rádio, especialmente o "Governo Sombra" e o "Mixórdia de Temáticas"
    - de blues e das guitarras de Eric Clapton e Mark Knopfler
    - de todos os animais excepto alguns insectos e répteis
    - do cheiro dos lençóis lavados e dos campos na primavera

    Beijos

    ResponderEliminar
  12. - De preguiçar
    - De cozido à portuguesa e de peixe escalado grelhado
    - De me vestir e calçar bem
    - de chegar a horas a todo o lado
    - das tardes de leitura na beira da piscina
    - de alguns poemas
    - de alguma pintura
    - de viajar
    - de Super bock ehehehe
    - dos Beatles
    - AMO o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL :)
    - de séries inglesas
    - de fotografia
    - de usar cabelo comprido
    - do 5 para a meia noite
    - da música em geral
    - de muitos animais
    - do cheiro dos lençóis lavados
    - Adoro Lisboa
    - ...e Gostei muito deste post :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste Maria. É sempre bom sabermos que temos pontos em comum :)

      Eliminar
  13. flanar é bom e listas de gostos também...põe-nos bem dispostos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo bom flanar, Miss :) é sempre bom sabermos os outros de bem com a vida

      Eliminar
  14. Muita coisa em comum e, como é saudável, simpáticas divergências :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro caro Mak, as divergências é que nos distinguem. As concordâncias aproximam-nos

      Eliminar

Eu leio todos com atenção. Mas pode não ser logo, porque sou uma pessoa muito ocupada a preencher tempos livres!